Eu não quero a metade

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

nao-quero-metade

Não existe coisa pior do que a sensação de não ser você mesmo ou de se sentir metade.

Hoje eu vim protestar. Abaixo as metadinhas! Agora, só me interessa o INTEIRO. Eu não quero mais a metade de mim, nem de alguém e, muito menos, de um relacionamento.

É muito cansativo estar em uma relação em que você não pode ser – simplesmente… VOCÊ.

É ruim ter de pensar, repensar, pensar de novo… Até desistir de ter uma atitude ou falar algo com medo de ser julgado ou mal interpretado. Medo de dar uma pista errada ou um sinal a mais de um sentimento que por algum motivo é melhor não ser demonstrado – para segurança do seu coração e vida útil do relacionamento.

Eu já me entreguei pela metade. Confesso. Aprendi o quanto isso faz mal a mim e a quem está ao meu lado. Eu fui metade porque eu tinha fragmentos do passado escondidos. Eu era presa e tentava esconder.

Um dia a ficha cai. Tem uma hora que “vai ou racha”. A casa caiu e eu tive que enfrentar toda essa confusão. Aquele momento que você coloca na balança todas as emoções. Eu já aceitei a metade de alguém. Fiz isso porque achava que era melhor metade que nada. Engano meu. Hoje eu sei: é TUDO ou NADA!

Para ser inteiro é necessário deixar as mágoas, os medos, receios e tudo que remeta ao passado para trás. Você pode até chegar aqui pela metade. Mas, escolha ser inteiro. Quando embarcar em uma nova história, dedique-se.

Planejar uma viagem, um programa para o final de semana, visitar um casal de amigos, ir naquela exposição bacana…Bem, são coisas que quando se está pela metade é complexo. Você fica meio perdido sem saber se pode planejar idealizando se o outro vai te acompanhar ou não.

Eu quero amar de verdade, por inteiro. Mandar mensagem quando sentir saudade, responder no WhatsApp na mesma hora que leio o recado, atender a ligação sem deixar você insistindo várias vezes para fazer aquele charme de – tô ocupada e nem pensei em você. Eu não quero mais jogar. Se eu quisesse jogar estaria brincando de futebol, basquete, handebol, queimada… sei lá. Jogo pra mim é com bola ou videogame.

Eu quero saber que vamos passar os finais de semanas juntos. Estar presente na parte boa e na ruim também. Eu quero que você saiba que eu estou aqui pro que der e vier. A gente é inteiro e isso não “se divide” nos altos e baixos da vida.

Quero ter a liberdade de dizer que te amo, que eu gosto, que eu quero, que eu cuido e que me preocupo quando realmente sentir todas essas coisas.

Eu me recuso em escrever, apagar, escrever, apagar e desistir de te mandar aquela mensagem fofa com medo do que você vai achar. Ela tá indo rápido demais, ela tá apaixonada, ela tá demonstrando os sentimentos. Somos feitos de carne e osso. Acho que ter sentimentos faz parte do ser humano.

Eu não sou a metade da laranja e nem quero alguém que seja. Não vim aqui falar sobre pessoas que se completam. Sou a favor de sermos laranjas inteiras. Juntos, somos uma laranjada! A gente não se completa. Nós transbordamos!

E se for para ser metade, que não seja!

Para os inteiros <3: